O que é o tesouro direto?

Posted by on Dec 26, 2016 in Investimentos | Comments Off on O que é o tesouro direto?

Títulos do tesouro nada mais são do que títulos de dívida de um pais. O mais famoso de todos são os títulos do tesouro americano, por serem considerados os mais livres de riscos. Afinal, você não imagina o Estados Unidos falindo, não é mesmo? Você já se perguntou como o banco determina as taxas de juros em um empréstimo consignado, por exemplo? Ou por que os juros pagos em uma caderneta de poupança são mais baixos do que outros? Tudo isso é uma reação às taxas de juros dos títulos do Tesouro norte-americano, mesmo aqui no Brasil. Por que as taxas do Tesouro dos EUA são tão importantes e influentes?

 

 

O Tesouro dos EUA vende títulos para o público como forma de pedir dinheiro emprestado. Eles vendem títulos com vários vencimentos – sendo o mais comum o T-bill de três meses e o bônus do Tesouro a 30 anos. Os títulos do Tesouro, como todos os títulos, têm uma relação inversa entre preço e rendimento – quanto maior o preço, menor o rendimento. Tipicamente, estas ligações seguem uma curva de rendimento normal, o que significa que quanto mais curto o tempo até à maturidade, menor o rendimento e mais longo o tempo até à maturidade, maior o rendimento. Às vezes, porém, há uma curva de rendimento invertido em que ocorre o oposto. Embora a curva invertida seja incomum, geralmente é um sinal de baixa para a economia, sinalizando que o mercado está preocupado com as perspectivas de longo prazo e uma recessão pode estar próxima.

 

A mesmo coisa aocontece quando os rendimentos do Tesouro dos EUA caem como resultado do aumento dos preços, por exemplo, fazendo com que a demanda por esses títulos fique em alta. Isso geralmente ocorre quando os investidores estão preocupados com a segurança de outros instrumentos, como quando os investidores estrangeiros estão procurando um refúgio seguro durante a agitação geopolítica global. Isso aconteceu recentemente com os atentados terroristas que ocorreram e o assassinato do embaixador russo.

Você pode saber mais sobre o que estamos falando aqui: http://magodomercado.com/como-investir-seu-dinheiro-de-maneira-inteligente-atraves-do-tesouro-direto/

O que impulsiona as taxas de juros dos títulos do Tesouro? Os fatores mais óbvios para determinarem as taxas de juros do Tesouro são a oferta e a demanda por eles. Quando a oferta aumenta, os preços diminuem e as taxas aumentam. Da mesma forma, quando a demanda aumenta, os aumentos de preços e rendimentos (ou taxas) diminuem. Mas há três fatores menos óbvios, como falam os especialista:

A economia: Durante os períodos de expansão (“bons tempos”), as taxas tendem a aumentar e, durante as recessões, tendem a cair. Isso acontece porque durante as expansões, os investidores estão menos temerosos e estão mais dispostos a investir em instrumentos mais arriscados e que remuneram mais.

Inflação: Quando a inflação é baixa, as taxas de curto prazo do Tesouro também são baixas e vice-versa.

Taxa de Fundos Federais: Quando o FED (banco central americano) aumenta ou reduz sua taxa de meta, geralmente influencia outras taxas de títulos de curto prazo.